Faltam homens no mundo. Não por genero, mas por carater.





Acredite, eu já andei bastante. Pelas ruas. Pela vida. Pelo mundo. Eu sempre preferi o silêncio ao barulho vazio. Admiro o simples observar calado, ao invés de parecer um tolo agindo. Infelizmente, preciso concordar com o que muitos dizem: faltam homens no mundo.
Não por genero, mas por atitudes. Gentileza. Respeito. Eu poderia pintar cada esquina com seus sinais de descaso. Covardia. Mestres dos disfarces, especialistas em fugir e fingir. Se eu já errei? Muito. Mas como humano.

Não como menino. Não como falsos malandros e seus gestos repetitivos. Nunca fazem o que dizem. Nunca dizem o que fazem. São apenas caras com infinitas caras. Sempre sem respeito ao próximo. Mas também sem conquistar qualquer respeito. Homens e mulheres que vêm e vão, quase sempre em vão.
Infelizmente, eu preciso concordar. Faltam homens no mundo. Não em genero. Mas em carater.


Comentários